Pastel de feira

5 dicas para fazer um pastel da feira delicioso. Você já experimentou um pastel da feira? Se sim, sabe como é irresistível essa massa crocante e recheada com os mais variados sabores. Se não, está perdendo uma das iguarias mais populares e saborosas da culinária brasileira. Neste artigo, vamos te ensinar como fazer um pastel da feira em casa, com ingredientes simples e fáceis de encontrar. Além disso, vamos te dar algumas dicas para deixar o seu pastel ainda mais gostoso e crocante. Vamos lá?

Ingredientes da receita:

– 500 g de farinha de trigo
– 1 colher (sopa) de óleo
– 1 colher (chá) de sal
– 200 ml de água morna
– Óleo para fritar
– Recheio de sua preferência (carne, queijo, frango, etc.)

 O que é um pastel da feira?

Um pastel da feira é um salgado típico do Brasil, que consiste em uma massa fina e frita, recheada com diversos ingredientes. O nome vem do fato de que esse salgado é muito vendido nas feiras livres, onde os vendedores montam as barracas com as massas e os recheios, e fritam os pasteis na hora, servindo-os quentinhos e crocantes. O pastel da feira é uma comida rápida, barata e deliciosa, que agrada a todos os paladares.

Como fazer um pastel da feira em casa?

Fazer um pastel da feira em casa é mais fácil do que parece. Você só precisa de alguns ingredientes básicos para a massa, e do recheio de sua preferência. Veja o passo a passo:

– Em uma tigela, misture a farinha de trigo, o óleo e o sal. Aos poucos, adicione a água morna, mexendo com as mãos até formar uma massa homogênea e macia.
– Sove a massa por cerca de 15 minutos, até que ela fique lisa e elástica.
– Divida a massa em pequenas porções e abra-as com um rolo em uma superfície enfarinhada, formando discos finos.
– Coloque o recheio de sua escolha no centro de cada disco, deixando uma borda livre. Dobre a massa ao meio, formando uma meia-lua, e aperte as bordas com um garfo para selar bem.
– Frite os pasteis em óleo quente, virando-os para dourar dos dois lados. Escorra em papel toalha e sirva em seguida.

Por que o pastel da feira é tão bom?

O pastel da feira é uma das comidas mais apreciadas pelos brasileiros, e não é à toa. Além de ser fácil de fazer e versátil, podendo ser recheado com diversos ingredientes, o pastel da feira tem uma textura única: uma massa fina e crocante por fora, e macia e suculenta por dentro. O contraste entre o salgado do recheio e o doce do açúcar polvilhado por cima também é irresistível. O pastel da feira é uma explosão de sabor a cada mordida.

 Quais são as melhores receitas de pastel da feira?

Existem muitas opções de recheio para o pastel da feira, desde os clássicos como carne moída, queijo e frango com catupiry, até os mais criativos como pizza, camarão e chocolate. Você pode usar a sua imaginação e criar o seu próprio recheio, ou seguir algumas receitas já consagradas. Aqui estão algumas sugestões:

– Pastel de carne-seca com queijo coalho: um recheio típico do Nordeste, que combina a carne-seca desfiada e temperada com o queijo coalho ralado.
– Pastel de palmito: um recheio leve e saboroso, que leva palmito picado, cebola refogada, tomate sem pele e sem semente, salsa picada e sal a gosto.
Pastel de banana com canela: um recheio doce e aromático, que leva banana nanica cortada em rodelas, açúcar e canela em pó a gosto.
– Pastel de bacalhau: um recheio tradicional e sofisticado, que leva bacalhau dessalgado e desfiado, batata cozida e amassada, cebola picada, azeitona verde picada, salsa picada, sal e pimenta-do-reino a gosto.

 Quais são as dúvidas mais comuns sobre o pastel da feira?

Algumas dúvidas podem surgir na hora de fazer o pastel da feira em casa. Aqui estão as respostas para as mais frequentes:

– Como deixar a massa do pastel mais crocante? A dica é usar uma quantidade mínima de água na massa, e sová-la bem até que fique lisa e elástica. Além disso, é importante abrir a massa bem fina, e fritar os pasteis em óleo bem quente.
Como evitar que o pastel estoure na hora de fritar? O segredo é selar bem as bordas do pastel com um garfo, para evitar que o recheio vaze. Também é importante não colocar muito recheio na massa, e não deixar bolhas de ar entre a massa e o recheio.
– Como conservar o pastel da feira? O ideal é consumir o pastel da feira logo após fritá-lo, para aproveitar toda a sua crocância e sabor. Mas se sobrar algum pastel, você pode guardá-lo em um recipiente fechado na geladeira por até dois dias, ou no freezer por até um mês. Para reaquecer, basta colocar os pasteis em uma assadeira e levar ao forno pré-aquecido por alguns minutos, até que fiquem crocantes novamente.

Fazer um pastel da feira em casa é uma ótima maneira de matar a vontade de comer esse salgado tão gostoso e popular. Com poucos ingredientes e algumas dicas simples, você pode preparar uma massa crocante e recheada com o que quiser. Experimente as nossas receitas ou crie as suas próprias, e aproveite essa delícia. E não se esqueça de deixar a sua opinião sincera e as suas sugestões nos comentários. Até a próxima!

Para não perder nenhuma das nossas deliciosas receitas entre confira a receita que deixei abaixo para você:

Confira aqui: Palitinhos temperados

Deixe um comentário